PERCA PESO SEM PASSAR FOME

E LEVE SUA VIDA PARA OUTRO NÍVEL
O EBOOK LOW CARB SEM MISTÉRIOS TRAZ TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA EMAGRECER

CLIQUE E CONHEÇA
Dicas para lidar com a vontade de doce na dieta low carb

Dicas para lidar com a vontade de doce na dieta low carb

É bem possível que uma pessoa que está começando low carb venha de um cenário em que rola uma vontade de doce quase todo o santo dia, especialmente depois do almoço. Nem que seja aquele bombonzinho pequeno na hora de pagar no caixa, ou aquele potinho de sobremesa no refeitório da empresa, ou aquele chocolate que se compra para comer quando bate aquela vontadinha lá pelas quatro da tarde. Nas dietas de baixas calorias, sempre tem um espaço para um docinho, né? Nem que seja uma barrinha de cereal com aquela casquinha parafinada sabor chocolate. Mas em low carb é importante fazer um detox de todos os tipos de açúcar, e é normal essa sensação de horror ao saber que o primeiríssimo item a ser não só cortado como absolutamente zerado é o açúcar. E isso é importante porque um dos principais objetivos da alimentação low carb é tirar você desse círculo vicioso que fez você ganhar o peso que quer perder, e fazer você redefinir a sua relação com doce. Nunca é demais explicar o que acontece quando comemos carboidratos em excesso: o corpo passa por picos de produção de insulina e quando esses picos acabam, você precisa de mais e mais. Esse é o círculo vicioso. Por isso nos primeiros dias você precisa ajudar o seu corpo a sair dessa, cortando totalmente o açúcar, restringindo a sua alimentação exclusivamente aos carboidratos que acontecem naturalmente nos alimentos. Eu te prometo: se você realmente gosta de doce, vai levar o seu amor para outro nível quando passar a valorizar e melhorar a qualidade do seu consumo de doces. Mas antes...
Carboidratos do Bem: O que São e Como Você Pode Inseri-los na sua Alimentação?

Carboidratos do Bem: O que São e Como Você Pode Inseri-los na sua Alimentação?

Nesse artigo vou falar sobre os carboidratos do bem, ou carboidratos gentis, que podem ser inseridos na alimentação de acordo com o objetivo de cada um. Quando comecei na alimentação low carb eu estava bem consciente de que o meu ponto fraco era manter o emagrecimento e não cair de novo no efeito sanfona, então desde o início já comecei a ler histórias e dicas de manutenção. Impressionada com a eficiência da dieta para o emagrecimento, eu me perguntava: como eu faço quando chegar no peso que eu quero? Volto a comer do jeito tradicional como antes? Coloco mais comida de verdade com mais carboidratos? Reservo um espaço na semana para comer fora da dieta? Low carb funcionou tão lindamente pra mim que voltar a comer do jeito antigo não fazia o menor sentido. A verdade é que cada um precisa se conhecer bem, seus hábitos, suas rotinas e seu paladar, para daí adotar uma estratégia de manutenção que funcione. Eu sempre digo que existem duas estratégias principais de manutenção usando a alimentação low carb: Um jeito “mais vida real”, que é consumir menos carbos durante a semana para dar umas escapadas eventuais aos finais de semana e um jeito “mais saudável” que é adicionar mais carbos comida de verdade, distribuídos com equilíbrio ao longo da semana. Nesse contexto, devem ser priorizados os chamados carboidratos do bem, ou carboidratos gentis. Mesmo que você como eu siga mais o jeito “vida real”, sempre faça um esforço para ir evoluindo na sua dieta (e em tudo na vida), tente ter cada vez menos dias de alimentação fora do que você acredita...
Massa de Pizza Low Carb

Massa de Pizza Low Carb

Encontrei uma massa de pizza low carb muito honestinha e preciso compartilhar 🙂 Já se vão mais de 4 anos desde que comecei na alimentação low carb, e nesse tempo eu passei por 3 estágios no meu relacionamento com preparações que imitam receitas com trigo. Dá uma olhada e veja se você se identifica com algum: ESTÁGIO 1: À PROCURA DA RECEITA PERFEITA Tentativas desesperadas de achar uma receita de pão low carb, de bolo low carb, de massa de pizza low carb. Resultado: muitas receitas ruins e muitas farinhas malucas estragando na despensa. É um estágio em que ainda é muito forte e presente o apego ao hábito de comer carbos junto com todas as refeições. Essa frustração com as receitas que nem de longe lembram as versões originais que você acabou de abandonar pode ser prejudicial pra você, dando aquela sensação de privação e de que as comidas em low carb são ruins. A minha recomendação para quem está começando é abandonar não só o trigo, o arroz e o açúcar, mas também os CONCEITOS do macarrão, do biscoito, do bolo, do macarrão, da pizza. Ao menos até você desapegar do hábito antigo e ir construindo aos poucos os seus hábitos low carb. ESTÁGIO 2: PRA QUE PÃO? Você já se habituou com a dieta. Comer low carb já virou natural e você não sente mais aquela vontade de pão no café da manhã, já come a carne de panela só com vegetais sem sentir falta do macarrão. Talvez você já tenha atingido o seu peso alvo ou pode estar perto de atingir, e talvez tenha adotado uma estratégia de manutenção...
Exercícios para emagrecer? Porque você não deveria se exercitar para perder peso, explicado com mais de 60 estudos

Exercícios para emagrecer? Porque você não deveria se exercitar para perder peso, explicado com mais de 60 estudos

O artigo de hoje é de um site convidado, o Paleo Diário, do Hilton Sousa, especializado em trazer versões em Português para os artigos mais atuais sobre alimentação e exercícios. O artigo é extenso, mas é uma leitura super pertinente para complementar o meu conteúdo por aqui, já que muitas pessoas me perguntam quais são os melhores exercícios para emagrecer para combinar com a dieta low carb. Adorei também porque o artigo mostra que a minha política da “lei do menor esforço” para exercícios está muito bem fundamentada cientificamente. Eu treino nem mais nem menos do que 3 vezes na semana, nunca por mais de uma hora, mas faço sempre um treino pesado onde eu dou o melhor de mim. Também aprendi a nunca considerar os treinos como “créditos” para comer fora da minha estratégia alimentar. Mudando a cabeça dessa forma eu passei a realmente gostar de treinar, sem esperar resultados de emagrecimento. *** O artigo foi traduzido por Juliana Whately. O original está aqui. por Julia Belluz e Javier Zarracina “Eu vou fazer você pegar pesado”, um instrutor loiro e perfeitamente musculoso gritou para mim em uma aula de spinning recente, “para você poder tomar mais um drink no happy hour!” No final do treino de 45 minutos, meu corpo estava pingando de suor. Eu senti como eu tivesse pegado muito, muito pesado. E, de acordo com a minha bicicleta, eu tinha queimado mais de 700 calorias. Certamente eu tinha ganhado uma margarita extra. O instrutor de spinning estava ecoando uma mensagem que temos ouvido durante anos: desde que você use aquele bicicleta ou esteira, pode continuar furando a dieta – e ainda...
Planejamento da dieta usando Evernote

Planejamento da dieta usando Evernote

Planejar e acompanhar meus resultados durante o emagrecimento foi uma parte muito importante do meu sucesso com a dieta low carb, não só para conseguir atingir o peso alvo mas também na manutenção do peso perdido. É uma sensação muito boa ver os números caindo semana a semana, e essa motivação ajuda a seguir em frente e também dar a volta por cima quando as coisas não vão bem. A gente não se empenha um monte em alcançar resultados no nosso trabalho? Por que não se empenhar planejando nossos resultados na vida? Fazer um bom planejamento da dieta pode ser o primeiro de muitos planos mirabolantes na sua vida! Duas ferramentas gratuitas e em Português foram essenciais nesse processo de planejamento da dieta: o FatSecret, que já mostrei nesse vídeo, e o Evernote, que mostro nesse novo vídeo. Alguns itens da dieta que você pode controlar com a ajuda do Evernote: Meta de peso e acompanhamento semanal das pesagens Registro das medidas Registro fotográfico do seu processo de emagrecimento Cardápio para os próximos dias Registro das saídas da dieta Lista de compras Receitas low carb para testar Além disso o Evernote também pode te ajudar com literalmente tudo que você precise registrar na sua vida: eu anoto lugares que me sugerem e que eu gostaria de conhecer, lista de coisas pessoais para resolver, plano de treinos e avaliação de % de gordura, entre mil outras coisas. O Evernote é uma ferramenta bem simples de usar, e a melhor parte é que você pode baixa-lo como programa para instalar no computador, pode usar como aplicativo no seu smartphone ou pode acessar diretamente do navegador da...
Especial Sopas Low Carb

Especial Sopas Low Carb

Chegou a temporada da sopa! Pessoas que moram de São Paulo para cima provavelmente não terão a mesma empolgação com a combinação sopas low carb + frio do que eu, mas quem mora para baixo de Sampa sabe que o bicho pega mesmo, e uma boa sopa é uma opção perfeita para espantar o frio (ao menos por uma horinha ou mais). Outra super vantagem de fazer sopa é que, embora leve um tempo para descascar e cortar todos os vegetais, dá para fazer um panelão grande e congelar em potinhos, assim tem uma opção gostosa e low carb pronta para comer à noite. Se for congelar sopas que levem queijo, creme de leite ou requeijão, congele sem esses ingredientes e adicione nas porções quando for descongelar, já que os laticínios talham quando congelados. Algumas receitas de sopas low carb que sustentam super bem e aquecem com poucos carboidratos: Sopas Low Carb | Caldo de Abóbora com Espinafre Ingredientes 4 xícaras de purê de abóbora moranga (aquela do halloween) ou abóbora paulista picada em cubos pequenos ½ xícara de bacon picado 1 xícara de espinafre picado 2 dentes de alho amassados ¼ cebola em fatias 3 colheres de sopa de creme de leite Passo a Passo 1. Em uma panela, cubra a abóbora cortada em cubos com água, adicione as fatias de cebola e tempere com sal e pimenta a gosto. 2. Cozinhe até a abóbora ficar macia. 3. Escorra a abóbora e passe para um liquidificador ou processador, bata até virar um purê e retorne para a panela onde cozinhou a abóbora. Reserve a água do cozimento, caso queira...
Adoçantes dieta low carb | Guia essencial para escolher seu adoçante

Adoçantes dieta low carb | Guia essencial para escolher seu adoçante

Ao aderir a uma dieta low carb, o açúcar é a primeira coisa a ser cortada. Para quem está acostumado, essa transição pode ser bem sofrida. Sempre almocei muito em restaurantes de buffet por quilo, daí antes de começar low carb eu pegava algo doce todos os dias, mesmo que fosse só um chocolatinho pequeno, mas era todos os dias. Dava até aquele ruim se não comia sobremesa, parece que ficava faltando alguma coisa. Era um hábito, bem enraizado. Pelo que observo a grande maioria das pessoas que leva uma dieta tradicional, mesmo que esteja tentando comer menos, também tem esse hábito de comer doces diariamente após as refeições, especialmente após o almoço. Quando comecei, cortei o açúcar totalmente, comia só algo com adoçante quando a vontade de doce pegava com força total. No início foi complicado sim, após o almoço era automática a vontade de algo doce. Mas com o tempo, não pegar o doce na saída do restaurante passou a ser muito mais fácil. O simples fato de você deixar de fazer aquela ação todos os dias já vai ajudando a desapegar do hábito. Além disso, a dieta rica nas gorduras naturais dos alimentos traz muita saciedade e reduz naturalmente a vontade de doces. Em low carb você não passa fome e come até a saciedade, o que diminui a probabilidade de você acabar comendo algo cheio de açúcar. Só que esse desapego do sabor doce é um processo lento, e pra passar de “um docinho todo os dias” para “açúcar só de vez em quando” os adoçantes são uma super mão na roda. Adoçantes dieta low...
Dieta Low Carb Celulite: a dieta low carb causa celulite?

Dieta Low Carb Celulite: a dieta low carb causa celulite?

Nesse artigo eu vou responder mais uma pergunta muito frequente aqui no blog. Dieta low carb causa celulite? Aumentando o consumo de gordura, aumentam as celulites também? Primeiro, vamos falar sobre alguns conceitos importantes antes de responder essa pergunta. Dieta low carb celulite: O que é a celulite? Celulite são alterações na estrutura da pele, que acontecem quando as células de gordura crescem muito e são empurradas através do tecido conjuntivo, o que dá a pele uma desagradável textura de casca de laranja. Normalmente a celulite afeta a bunda, as coxas e a barriga, mas em alguns casos também pode aparecer na parte superior dos braços. Além da celulite, essas regiões do corpo também estão sujeitas a desenvolver outros problemas relacionados a pele, como flacidez, estrias e gordura localizada. Os números sobre celulite são diversos, mas em geral estima-se que aproximadamente 90% das mulheres tem celulite, enquanto só 10% dos homens tem (sacanagem!). A celulite não é considerada uma doença. Como 90% das mulheres tem, ela é considerada normal, é quase uma característica de ser mulher. Talvez você tenha se surpreendido com essa estatística – quase todas as mulheres tem celulite! – já que basta folhear uma revista feminina para ver que todo mundo lá tem a pele lisa e perfeita. Mas será que tem mesmo? As revistas femininas são um instrumento poderoso para imprimir na gente um ideal de beleza impossível de ser atingido pela maioria das mulheres – a ideia é que a gente consuma loucamente os produtos que eles anunciam tentando atingir esse ideal. As fotos de revista são tratadas no computador, e com alguns cliques...
Receitas dieta Low Carb | Caçarola de frango com espinafre

Receitas dieta Low Carb | Caçarola de frango com espinafre

Essa é daquelas receitas low carb que sustentam muito e matam a vontade de algo com bastante molho e queijo. Os ingredientes são bem simples e fáceis de achar e a combinação de sabores é maravilhosa. Gosto de fazer uma quantidade boa o suficiente para duas refeições aqui do pessoal de casa, já que o sabor fica ainda mais incrível no dia seguinte. Receitas dieta low carb | Ingredientes 1 abóbora paulista ou abóbora menina descasacada e cortada em cubos grandes 1 peito de frango 1 cebola grande 3 dentes de alho picadinhos 2 tomates sem casca picados em cubinhos 1 maço de espinafre 200 gramas de queijo muçarela ralado no ralo grosso 50 gramas de queijo parmesão ralado 3 colheres de sopa de requeijão Sal, pimenta e orégano a gosto Manteiga o quanto baste para refogar Receitas dieta low carb | Passo a Passo 1. Coloque a abóbora em uma panela e cubra com água. Tempere com sal, pimenta e algumas rodelas de cebola inteiras. Cozinhe com a panela tampada até a abóbora estar macia. 2. Escorra a abóbora e passe no processador com uma colher de sopa de requeijão até obter um purê bem macio. 3. Corte o peito de frango em cubos grandes e refoque com um pouco de manteiga, temperado com um dente de alho picado, sal e pimenta em uma panela de pressão. Cubra com água e cozinhe na pressão por 25 minutos. 4. Escorra o caldo do cozimento do frango e guarde congelado para outra receita. 5. Desfie o peito de frango usando a técnica que está nessa receita. 6. Adicione ao peito de frango desfiado o resto da cebola picada em cubinhos e 1 dente de alho cortado em cubinhos pequenos. Refogue até amolecer. 7. Acrescente os dois tomates picados e misture. Tempere...
8 dicas para lidar com o intestino preso na dieta Low Carb

8 dicas para lidar com o intestino preso na dieta Low Carb

Antes de começar, tenho que confessar que esse não é exatamente o assunto mais agradável sobre o qual já escrevi. Porém o meu compromisso é trazer justamente as dúvidas mais comuns para quem está começando, então não teria como deixar esse assunto de fora: como lidar com o intestino preso na dieta low carb? Que outras mudanças podem acontecer no funcionamento do intestino e como lidar com elas? Em geral ao iniciar uma alimentação low carb a pessoa experimenta uma perda de peso sem sofrimento, com nenhum ou poucos efeitos colaterais em decorrência das mudanças na alimentação. Porém algumas pessoas passam por alguns sintomas, além dos mais comuns já mencionados nesse post e que são característicos da adaptação do corpo ao uso da gordura como combustível. Também são mencionados com alguma frequência problemas relacionados ao desempenho do intestino, que passa a se comportar de maneira diferente do que vinha ocorrendo antes do início da dieta. O que esperar do funcionamento do intestino ao aderir a uma alimentação low carb? O intestino pode prender. Uma dieta com muitos carboidratos causa retenção de líquidos, então ao iniciar low carb é normal que os primeiros quilos perdidos sejam água, o que pode desidratar as fezes e tornar sua saída mais difícil. Além disso muitas pessoas saem de uma alimentação com um grande volume de fibras vindas de alimentos como pão integral, granola e cereais e passam para uma alimentação com menos carboidratos muitas vezes buscando o estado de cetose, nesse caso podem faltar fibras para formar o bolo fecal, deixando o intestino preso. O intestino pode soltar. É menos comum, mas algumas...
Página 1 de 912345...Última »

Junte-se a mais de 15 mil pessoas querendo mais saúde!

Sim, quero emagrecer

Baixe ebook com 10 receitas Low Carb

ebook-dieta-lowcarb-chamada-lateral

Quero Emagrecer!

Mariana Montezzana

Mariana Montezzana

Emagreci 30 quilos em 12 meses sem passar fome e sem fazer exercícios.

E-book Dieta Low Carb Sem Mistérios - Vida Low Carb - Mariana Montezzana
E-book Low Carb Sem Mistérios - Mariana Montezzana