corporate

Há pouco tempo foi compartilhado por mais de um amigo no Facebook um interessante infográfico chamado The Illusion of Choice (a Ilusão da Escolha), que mostra como a maior parte das milhões de marcas que estão disponíveis nos supermercados para que o consumidor “escolha” são controladas por poucas empresas multinacionais gigantescas. E o que isso tem a ver com o tema central desse blog? Tudo! Porque comer comida de verdade, além de ser a melhor escolha para a sua saúde, quebra um pouco essa cadeia, contribuindo para tirar os negócios da mão dos gigantes. Quando você tira o negócio da mão dos gigantes você:

Gera menos demanda por combustível porque está comprando de quem produz mais perto de você, em menor escala. Eu já ia citando como exemplo os ovos que consumimos em casa, mas resolvi ligar para o distribuidor (que fica num bairro próximo da minha casa) e ovos são “produzidos” em Bastos, SP, que fica a pouco mais de 600 Km daqui. No mercado onde eu faço compras o muçarela mais barato é da Conaprole, que é uma cooperativa localizada no Uruguay, então escolho o queijo de marcas que tenham um preço competitivo mas que sejam brasileiras. Hoje a minha geladeira conta com no máximo uns 10 itens, não me custa dar uma investigada para escolher o que for feito mais perto de mim.

Gera menos lixo porque as coisas que você come não vêm em uma embalagem grande (cuja maior parte normalmente é ar para enganar os bobos) com embalagens menores e outras ainda menores dentro. Meu porta mala sempre tem um monte de sacolas daquelas de feira, e uma caixa de ovos vazia. Daí eu vou numa quitanda fantástica que tem perto do trabalho, e peço para a moça colocar tudo direto na sacolona sem aqueles mil saquinhos, e compro os ovos avulso reutilizando a caixinha de ovos. Mesmo assim, é INCRÍVEL o poder infinito de geração de lixo e louça suja lá em casa.

Quando você compra comida de verdade você pode até estar contribuindo para tirar o emprego de um homem em uma linha de produção numa cidade industrial qualquer, mas está fortalecendo o negócio de outro homem que está mais perto da comunidade onde você vive. E quem sabe esse homem possa sustentar a família com um pouco da produção, ou quem sabe ensinar aos filhos um trabalho que seja mais interessante e compensador do que apertar um botão numa fábrica.

Comprando comida de verdade você vai ajudar a distribuir melhor a grana no mundo, e vai contribuir para que as pessoas não se amontoem todas nas mesmas cidades para trabalhar de formiguinha nas empresas gigantes.

Posso estar sendo ingênua e romântica, mas gosto da sensação de ajudar, nem que seja com pequenas ações, a transformar o mundo. Nada contra o capitalismo, já que eu mesma trabalhei para uma líder de mercado, mas toda a empresa que concentra muito market share tende a abusar da boa vontade do consumidor. Além disso, pode ter certeza que essas corporações não estão lá muito preocupadas com a sua boa nutrição. Pense nisso!

 

Tweet about this on TwitterShare on FacebookEmail this to someoneCompartilhe!

CAFÉ DA MANHÃ: Receba GRÁTIS um ebook com opções Low Carb que emagrecem!

Você também vai receber dicas e novidades sobre o estilo de Vida Low Carb

Verifique o seu email!

Pin It on Pinterest

Share This