Para mim está bem claro que o sucesso em uma alimentação saudável e na prática de exercícios físicos regulares está diretamente relacionada ao hábito, tanto na mudança de velhos quanto na formação de novos hábitos.

De uma coisa eu tenho certeza: podemos mudar muitas coisas que fazemos e que nos prejudicam, e nos conhecermos bem o suficiente a ponto de melhorar estrategicamente quem somos. Podemos e devemos nos transformar em versões melhores de nós mesmos a cada dia – é uma excelente maneira de trazer significado e alegria para a vida!

evolution_low_carb
Muitas vezes enxergamos uma mudança de um hábito como comer melhor ou treinar com frequência como uma coisa muito distante, que não combina com quem somos. Afinal, é algo que nunca fizemos ou que fazemos de vez em quando, sem conseguir manter. Achamos que nunca seremos uma daquelas pessoas que cuida bem da sua dieta e que treina o ano todo, porque simplesmente aquele estilo de vida não nos pertence.

Achamos que para ser saudável e magro, só precisamos de uma coisa: força de vontade, característica com a qual só alguns poucos sortudos contam.

Um estilo de vida com hábitos saudáveis pode pertencer a qualquer um

Um estilo de vida com hábitos saudáveis pode pertencer a qualquer um

Normalmente quando ficamos sabendo de alguém que perdeu muitos quilos, ou que está com um físico fantástico, enxergamos apenas o resultado final, como se fosse um grande feito isolado, que aconteceu da noite pro dia. Mas no fundo, os bons resultados estão ligados a pequenas mudanças na rotina diária. São pequenas atitudes que, somadas, nos ajudam a evoluir e alcançar nossos objetivos.

Cada hábito que você tem – bom ou mau – é resultado de muitas pequenas decisões ao longo do tempo. James Clear

Transformar hábitos é um longo processo de aprendizado pessoal e quase nunca é definitivo – mesmo quem come saudável e treina pesado volta e meia se vê desmotivado e precisa usar algumas estratégias para voltar aos eixos e seguir no rumo certo em direção as suas metas.

Você vai escorregar eventualmente. Tenha um plano para voltar com tudo!

Você vai escorregar eventualmente. Tenha um plano para voltar com tudo!

Nos últimos dois anos, consegui mudar meus hábitos alimentares e perder 30 quilos. Já estou completando 1 ano de manutenção e além disso também tenho treinado forte 3 vezes por semana com poucas falhas, com resultados muito bons. Quero compartilhar algumas dicas que aprendi nesse processo:

1) Use um gatilho da sua rotina como lembrete para se exercitar.

Hoje em dia, deixo o Gui na escola e vou reto pra academia. Funciona super bem isso de treinar depois de alguma coisa que você faça diariamente – como depois do trabalho ou depois de levar o cachorro pra passear. Quando saio desse esquema por algum motivo, já tenho que reunir um pouco mais de forças do que o habitual para ir lá e fazer o que tem que ser feito.

2) Comece aos poucos.

Para algumas pessoas pode funcionar simplesmente jogar fora todo o conteúdo da despensa e riscar pra sempre farinha e açúcar do cardápio, mas a técnica que mais funcionou pra mim foi ir com calma, analisar bem como o corpo reagia e ir me acostumando com o novo estilo de vida. Permita-se algum tempo para estudar a dieta com calma e ver se é mesmo o certo pra você.

Baby steps para o sucesso!

Baby steps para o sucesso!

Com exercícios é a mesma coisa, em vez de se matricular na academia top e comprar mil roupas para treinar, comece aos poucos, em casa, com os recursos que tiver disponíveis, sem fazer planos anuais na academia. Uma boa é começar com exercícios usando o peso do corpo enquanto assiste algo na TV. É bem menos intimidador olhar para um plano de exercícios mais tranquilo do que ser pressionado por um super plano mirabolante para ganhar a maratona de New York. Não que não seja possível 🙂

3) Trace um cronograma.

Em vez de se colocar como meta “quero perder 30 quilos até o meu casamento em dezembro de 2014” e pronto, faça o seu objetivo ser comer no máximo 10% da sua alimentação de carboidratos, ou treinar todas as segundas, quartas e sextas sem falhar. Essa é a agenda que eu sigo e sem dúvida me ajuda na consolidação do hábito, tanto que quando por algum motivo não posso seguir o cronograma fico com aquilo na cabeça até ir compensar para ao menos ficar em 3x por semana, só que daí tenho que ir dois dias consecutivos, coisa que não gosto muito de fazer.

4) Use um recurso visual.

Conhece o Jerry Seinfeld? Ele é um dos maiores comediantes do século, famoso pelo seriado Seinfeld, que foi ao ar durante 9 anos, de 1989 a 1998. O Seinfeld é famoso pela consistência do trabalho dele – imagina a dedicação que precisa para escrever piadas para um seriado que vai ao ar quase diariamente durante dez anos. Em vez de contar apenas com lampejo de genialidade, ele imprimia um calendário do ano em tamanho bem grande e ia marcando um ok quando ele conseguia cumprir os objetivos de produtividade dele. Alguns aplicativos também cumprem bem esse papel.

Jerry Seinfeld usa um calendário gigante para garantir o volume de piadas

Jerry Seinfeld usa um calendário gigante para garantir o volume de piadas

5) Acredite em você e seja firme com as suas escolhas.

Em vez de dizer para as pessoas que “não pode comer carboidratos”, diga “eu não como carboidratos”. Uma pequena diferença no seu discurso que mostra que você sabe o que faz.

É importante visualizarmos que tipo de pessoa gostaríamos de ser e passar a nos tratar exatamente dessa forma: eu sou uma pessoa que treina 3x por semana sem faltar. Eu como comida de verdade 90% do tempo. Mais importante do que convencer aos outros, é convencer a si mesmo!

Ao infinito - e além!

Ao infinito – e além!

6) Quando escorregar, volte correndo para a linha certa.

Não é uma refeição ruim que vai te fazer engordar e sim uma sequência de refeições ruins. Se escorregou, não ponha tudo a perder se jogando nos carbos. Em vez disso, faça com que sua próxima refeição seja bem saudável e colorida, sem diminuir carbos saudáveis, para mostrar a você mesmo quem manda no jogo.

Essa dica pode parecer óbvia, mas muitas pessoas começam low carb através da Dieta Atkins, que tem uma fase inicial de 14 dias. Daí lá pelo décimo dia a pessoa come um brigadeiro numa festinha de criança, se martiriza horrores e acaba jogando tudo pro alto, afinal a dieta não funcionou pra ela. Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima – você é ou não é uma pessoa que cuida bem da sua alimentação?

7) Conte com o poder da comunidade.

Participe de grupos, pesquise, faça amigos, tire suas dúvidas. Leia muitas histórias como a do Deivid, que perdeu 60 quilos. Curta e incentive o esforço dos outros.

grupo low carb
Estar envolvido com pessoas com objetivos parecidos com os seus faz você querer prestar contas para a comunidade, mostrar o seu cardápio, suas receitas, seu antes e depois. Tudo isso vai contribuir para solidificar seus hábitos saudáveis, afinal eles farão parte do seu dia a dia até quando você estiver de boa no sofá com o smartphone na mão.

Fique a vontade para compartilhar nos comentários suas estratégias no dia a dia para conquistar hábitos saudáveis, mesmo que sejam para mudar ou criar outros tipos de hábitos!

Tweet about this on TwitterShare on FacebookEmail this to someoneCompartilhe!

CAFÉ DA MANHÃ: Receba GRÁTIS um ebook com opções Low Carb que emagrecem!

Você também vai receber dicas e novidades sobre o estilo de Vida Low Carb

Verifique o seu email!

Pin It on Pinterest

Share This