sisson

57 anos. Lookin’ good!

Mark Sisson é um dos meus super guru master mega blaster, autor do livro The Primal Blueprint (não existe versão em Português, mas a tradução ao pé da letra é O Projeto Primata). A dieta Paleo está começando a aparecer na mídia brasileira, já saíram algumas matérias em jornais e revistas importantes, porém as matérias falam apenas sobre a parte que diz respeito a alimentação.

Para contextualizar: o advento da agricultura surgiu há mais ou menos 7 mil anos atrás e diminuiu significativamente o maior risco para o ser humano da época: morrer de fome. O surgimento da civilização resultou em uma desaceleração da nossa evolução, aliado a isso passamos a não precisar se movimentar muito atrás de comida. A ideia do estilo Primal é adaptar o estilo de vida dos homens do passado (época anterior à invenção da agricultura) para a nossa vida moderna.

O estilo de vida divulgado pelo Mark na verdade vai muito além das modificações na dieta e compreende dez regras:

1) Coma plantas e animais. Comida de verdade. Alimentos que o homem anterior à agricultura poderia caçar ou coletar. Comida que não tem código de barras.

2) Evite coisas venenosas. Comidas processadas (gorduras trans e parcialmente hidrogenadas, açúcar de qualquer tipo, grãos (inclusive os integrais). Conservantes, adoçantes, corantes. Aqui eu escorrego bem porque como todos os dias da semana em restaurante, onde se usa óleo de soja na maioria das preparações. Mesmo assim evito servir vegetais refogados em óleo, priorizo os vegetais crus. Mas na carne não tem como escapar. Além disso tomo mil cafezinhos com adoçante no escritório, tomo Coca Zero e às vezes masco uns Trident. Isso é uma meta importante, diminuir consumo de adoçantes.

3) Mexa-se com frequência de uma maneira tranquila. Repense as horas correndo no mesmo lugar na esteira da academia. Mexa-se sempre que possível, estacione o carro mais longe, pegue a escada e não o elevador.

4) Levante coisas pesadas. Para ter músculos e retardar envelhecimento, faça treinos curtos e intensos de ginástica funcional, priorizando movimentos que utilizem o corpo inteiro. Eu estou há dois meses fazendo um treino que mistura levantamento de peso com ginástica funcional – excelente, e já tenho resultados muito bons.

5) Corra muito rápido de vez em quando. Mais eficiente do que pegar pesado com as articulações correndo quilômetros a fio. Repara na diferença de um corpo como o do velocista Usain Bolt e um corpo de um desses campeões de maratona. Se você acha que correr mil quilômetros vai fazer você perder o peso que precisa, não é bem por aí. A alimentação, no meu caso, é mais de 90% do negócio. Você pode dar a volta ao mundo correndo, se não mudar a sua alimentação, continuará gordinho. E depois, quem exagera nos exercícios aeróbicos sente mais fome. Faz sentido, né?

marathon23-tile

Maratonista x Velocista. Né.

6) Durma bem. No mínimo oito horas por dia. Evite luzes artificiais e estímulos digitais depois que anoitecer. Aqui outro ponto onde preciso evoluir, assistir menos TV e ir para a cama mais cedo, ao invés de assistir besteira e dormir no sofá até 1h da manhã.

7) Brinque. Alivie o stress brincando sempre que possível. Para quem tem filho pequeno como eu é um prato cheio. Quem disse que adulto não pode brincar?

8) Tome sol. Não tenha medo do sol, exposição adequada ao sol é importante para sintetizar a vitamina D. Alguns estudos dizem que aplicar protetor solar diminui a vitamina D sintetizada, então eu tenho ficado uns 20 minutos no sol antes de passar o protetor.

9) Evite erros idiotas. Esteja sempre alerta em relação aos perigos do dia a dia, como mandar mensagens no trânsito e use o cinto de segurança. Pratique esportes de uma maneira segura para evitar lesões.

10) Use o cérebro. Comprometa-se com mudanças pessoais, garanta que o você de hoje é melhor do que o você de ontem. Questione as verdades universais e a sabedoria convencional. Seja, acima de tudo, curioso. Use o seu corpo como um laboratório.

Para quem lê em inglês recomendo MUITO o blog do Mark, que tem posts diários com assuntos super relevantes.

A dieta Paleo se parece em muitos pontos com a fase de manutenção de Atkins. Acho que faz mais sentido do que o esquema das fases que tem muita cara de dieta. Acho que para quem tem pouco para perder ou não tem tanta pressa pode ser uma opção mais interessante.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookEmail this to someoneCompartilhe!
E-book Dieta Low Carb Sem Mistérios - Vida Low Carb - Mariana Montezzana
mockpng34

EBOOK GRÁTIS

Cadastre-se na minha lista e receba um ebook de receitas Low Carb para as festas de Fim de Ano!

Email cadastrado com sucesso!