Sentiram falta dos casos de sucesso low carb? Dessa vez entrevistei uma super mulher que, com muita força de vontade mudou a vida de ponta cabeça!

A Gizelly era sedentária e estava bem acima do peso, correndo risco de saúde e tudo, mas resolveu dar um basta na situação e, através do low carb, está saudável e se sentindo bem de volta.

Quer saber mais sobre a história dela? Confira a entrevista completa com ela aqui:

Casos de Sucesso Low Carb – Como tudo começou

Me conte um pouco sobre você. Qual a tua idade? Atua em qual área? Tem filhos?

R.: Me chamo Gizelly, tenho 36 anos, moro na Cidade de Maringá no Estado do Paraná, sou Assessora Contábil na área médica há 4 anos, não tenho filhos.

Quando você conheceu o estilo de Vida Low Carb?

R.: Por muitos anos me deixei levar pelo açúcar, massas, industrializados… Até que meu corpo não aguentou mais e começou a dar sinais de pedido de socorro… Mesmo assim não me importei, uma compulsão alimentar e o sentimento pela perda de minha mãe amenizando em comida…

Até que meu corpo suplicou por socorro, sem saúde alguma (colesterol/triglicérides/glicose todos acima), gordura no fígado e hipertensão. Mas foi os miomas intramurais grandes, que com hemorragias de parar em Pronto Socorro, ao ponto de realizar a histerectomia (retirada do útero) me fizeram enxergar o mal que estava fazendo comigo…

Eu me encarei no espelho (e não é nada fácil), eu realmente me vi e caí em prantos, só ali naquele momento percebi que estava me matando e ali mesmo, me acabando em lágrimas, prometi que JAMAIS me prejudicaria, que lutaria por mim, pela minha saúde… Já seguia alguns perfis no instagram que faziam a low carb, me interessei sobre esta alimentação e fui pesquisar e estudar sobre, e entre erros e acertos me adaptei muito bem com ele como um estilo de vida.

Faça como a Gizelly e emagreça com low carb, baixe grátis o meu Guia Visual da Dieta Low Carb

Casos de Sucesso Low Carb – As Refeições da Gizelly

Qual sua refeição low carb preferida?

R.: Amo morangos com nata, ovos (feitos de todas as maneiras), macarrão de repolho com estrogonofe e panceta (barriga de porco) frita, meu famoso “torresmo” (risadas).

Como você se mantém motivada depois de todo esse tempo?

R.: Minha motivação é a vida que voltei a ter, saúde que antes não tinha… A vontade de viver é tamanha que me motiva sempre!!!

Você já fazia exercícios ou passou a fazer eles aliado ao Low Carb? Quais exercícios gosta mais de fazer?

R.: Não fazia exercício algum, totalmente sedentária, daquelas que chegavam do trabalho, colocava o pijama e se largava no sofá. Pra ir no mercado da esquina era o maior sofrimento… Mas ao começar a fazer a low carb, levei um susto, pois perdi 11kg já no 1º mês e com medo de ficar muito flácida, fui atrás de alguma atividade física. Foi onde conheci o Clube 17 aqui na minha Cidade, que é um clube onde somente mulheres treinam funcional nas Praças… Iniciei a funcional e fui perdendo muito mais peso ainda, em 3 meses já tinha eliminado 21kg, foi quando além do treinamento funcional, também comecei a fazer musculação (para o fortalecimento dos músculos) e nunca mais parei, ambos são minhas paixões. Já perdi 38 kg!

Como a maioria dos casos de sucesso low carb, a Gizelly investiu no simples!

Prefere investir mais em receitas ou no basicão? Por que?

R.: No início, por sentir muita “vontades” de comer, fazia várias receitinhas, mas sempre cuidando para serem low carb… Com o passar do tempo fui entendendo que a low carb é a alimentação mais básica que existe, não tem segredo, é o tal Bicho/Planta, cortar mais e desembalar menos e é o que venho fazendo nos últimos meses.

Muitas pessoas pedem conselhos para mim sobre ansiedade e compulsão alimentar, você já passou por alguma dessas situações? Se sim, qual dica você dá para quem sofre com esses problemas?

R.: Passei sim e às vezes ainda tenho compulsão, principalmente na época da TPM (risadas), minha ansiedade consigo zerar nos treinos diários que faço (e olha que sempre fui a ansiedade em pessoa), e com a compulsão, basta “roer” uma proteína, um bacon, um torresmo, uma pururuca, desde que feitos na própria gordura.

Veja como seguir os passos da Gizelly!

Em quais redes sociais os leitores podem te seguir?

R.: Quando iniciei minha vida low carb, decidi fazer um Instagram para me motivar, colocando fotos e sempre acessar na intenção de não desistir, criei o @lowcagy e fui ganhando seguidores, que passam pela mesma luta diária e viram em mim uma inspiração, que até hoje não entendo (risadas), e ao ver este IG crescer, para virar uma conta comercial (não pago nada para ter seguidores, tá gente), para ter informações de acessos ao meu IG, foi preciso criar uma página no Facebook, onde também usei o @lowcagy onde tenho poucos, porém fiéis, seguidores.

Qual recado você deixa para quem está pensando em começar o Low Carb?

R.: EU VENCI e sei que vocês também conseguem!!!
Não façam pela busca da beleza, façam pela saúde de vocês, SEMPRE!!!

Tem um caso de sucesso como este para motivar mais gente a seguir o low carb? Me manda um e-mail pelo mariana@vidalowcarb.com.br e vamos conversar!