blog-time-to-eat2Já que você está pesquisando sobre dieta de baixo carboidrato, entendo que já abriu um pouco a cabeça para aceitar mudanças de velhos paradigmas.

Agora que tal rever a necessidade de comer lanchinhos o tempo todo?

Pare um pouco para pensar como as pessoas viviam há milhões de anos atrás, como eram suas rotinas e como se alimentavam.

As pessoas precisavam se movimentar para prover o sustento, andavam por aí, daí achavam um animal qualquer, matavam, comiam tudo o que podiam. Daí andavam mais uns dias, achavam outro bicho, matavam, comiam.

Ou quando não achavam bicho para caçar, viviam de alimentos coletados, como frutinhas, raízes e sementes.

Daí de repente tinha algum percalço e eles não achavam nenhum bicho pra comer, por 1 ou 2 dias. E daí, será que morria todo mundo porque não comeram bonitinho de 3 em 3 horas? Acho que não!

Não estou propondo que você saia por aí matando bois na rua, mas isso de comer de 3 em 3 horas se aplica às dietas convencionais de baixas calorias e fome, porque existe a necessidade de recompor a taxa de açúcar no sangue constantemente.

A indústria alimentícia, as revistas e alguns formadores de opinião na internet que veiculam anúncios e posts patrocinados ajudam a fomentar o mito de que comer de 3 em 3 horas emagrece, sabe por que?

Porque fazendo 6 pequenas refeições por dia é muito difícil fazer com que todas elas sejam comida de verdade, daí entram os famosos lanchinhos de dieta como barrinhas de cereal, biscoitos funcionais, iogurtes…

que muita gente compra achando que está fazendo o melhor possível para cuidar da saúde… Já passei por isso!

Em low carb é bem diferente: Quando estiver plenamente adaptado ao baixo consumo de carboidratos (o que acontece depois de duas ou três semanas mais ou menos), você vai se ver livre da fome e da gula, e terá facilidade em se manter em 3 refeições e qualidade por dia, quem sabe até 2.

Mas isso quer dizer que na alimentação low carb não pode fazer lanche? Não!

Na dieta low carb, quando sentir fome entre as refeições principais, coma uma ou duas “mãozadas” de nozes (ou macadâmias, ou amêndoas, ou castanhas), ou ovos cozidos, uma lasca de queijo, ou azeitonas, ou pepinos em conserva.

Nesse artigo falo mais sobre os lanches na Dieta Low Carb

Concentre-se em se alimentar com variedade e em comer comida de verdade quando tiver fome, o resto é resto!